Sendo entrevista de emprego para aprendizes ou macacos velhos, é surpreendentemente fácil tropeçar cometendo estes erros mais comuns.

Com base nas dicas abaixo você estará no caminho certo para se tornar memorável pelos motivos certos. Ser lembrado por uma característica negativa não é o melhor caminho.

Em meus negócios, eu faço questão de participar da entrevista de emprego para alguns cargos específicos. Me lembro de quando estava em busca de um assessor administrativo na Atlanton e recebi 03 candidatos memoráveis, mas por motivos não tão interessantes:

  • Um deles olhava para mim sem piscar, eu me senti um agente federal interrogando um psicopata.
  • Outro não conseguia olhar nos meus olhos nem por um segundo, era interessante como ele encontrava coisas para desviar o olhar.
  • E por fim, um dos candidatos – despreparado – respondia várias vezes que a pergunta não era relevante.

Eu sei que lidar com nervosismo é chato, mas uma vez que você consegue administrar esta situação, evitar estes erros abaixo podem aproximar você da posição de CONTRATADO.

Minha missão é garantir que você não caia nestas armadilhas tão comuns e destruidoras, então vamos lá:

Erros na entrevista de emprego
Processo de seleção é chato, e por isso mesmo você precisa saber que o entrevistador está torcendo para você ser a pessoa certa.

1. Estar despreparado

Preparar-se antes de uma entrevista é importante para chegar confiante e pronto para enfrentar as perguntas do entrevistador.

Descubra a história da empresa (sua essência), sua postura no mercado e seus concorrentes. Você poderá sofrer nesta busca caso o perfil da empresa seja: se matar aos poucos não estando presente na internet. Mas enfim, familiarize-se com seus principais membros, em outras palavras, dê uma fuçada na vida do fundador (via Facebook, Instagram, Linkedin), diretor, gerentes e etc. Certifique-se de que compreende plenamente o papel oferecido, ser despreparado fará com que você deixe claro que é preguiçoso e desinteressado.

Preparar uma entrevista de emprego pode ser feito de várias formas e pesquisar sobre a empresa é apenas uma delas. Estar preparado também significa descobrir como você vai chegar à sua entrevista, planejar sua rota e avaliar os atrasos que você possa encontrar. Não há desculpas para o atraso quando se trata de entrevistas de emprego, então mostre seu entusiasmo ao chegar pontualmente (ou até antes).

Às vezes, os atrasos são inevitáveis ​​e, enquanto as circunstâncias estiverem fora do seu controle, adicione tempo extra no trajeto. Afinal, como sempre digo para mim mesmo: quem quer arruma um jeito, que não quer arruma uma desculpa.

De tudo, se houver um atraso inesperado mesmo e bater aquela zica foda no trajeto, então tenha certeza de que tem os contatos da empresa para que você possa informá-los se encontrar algum problema – zica louca – no seu caminho.

Se quiser aprofundar um pouco mais e ter mais garantias da contratação, então pegue estas dicas extras sobre como como se preparar para uma entrevista de emprego.

 

2. Vestir de forma inadequada

Estar apresentável é uma obrigação, então escolha sua roupa com cuidado. As roupas devem ser limpas e recém-passadas. Aparecer com jeans rasgados e allstar dificilmente dá uma impressão profissional, embora para algumas empresas e cargos, isto não faça diferença.

Conheça o tipo de empresa que você se candidatou e tenha pistas sobre o código de vestimenta. Por exemplo, empresas jurídicas e com pegada mais corporativa, vestir se formalmente é uma opção única enquanto agências de publicidade ou TI tem uma personalidade mais ‘relax‘. Minha sugestão é que, em caso de dúvida, erre por cautela e prefira uma vestimenta formal.

Sua roupa fala sobre seu perfil profissional e estilo pessoal. Faça a escolha certa e cause uma boa impressão.
Sua roupa fala sobre seu perfil profissional e estilo pessoal. Faça a escolha certa e cause uma boa impressão.

Não arrisque com aquela roupa de balada ou passeio no parque, repense bem sua escolha.

Uma boa roupa formal deixará você até mais confiante e pronto para a entrevista de emprego.

 

3. Falar muito ou pouco demais

Como dizia o homem mais rico que já existiu e meu mentor, Rei Salomão, moderação é a virtude mais preciosa.

Então aprender a encontrar um equilíbrio entre falar demais e falar muito pouco pode ser a chave para uma entrevista de emprego fluida e agradável. Caso seja o seu primeiro emprego, recomendo até que participe de entrevistas simuladas para garantir que você entregue a quantidade ideal de informações.

Falar pelos cotovelos é uma fraqueza comum na entrevista de emprego e tende a aumentar a tensão no ambiente, então evite falar de tudo e todos ao mesmo tempo. É importante vender suas habilidades e experiência sem se divertir exageradamente.

Uma vez que o entrevistador fez uma pergunta, pause por alguns segundos, respire e colete seus pensamentos antes de responder. Se você está falando demais ou rápido demais, você também corre o risco de falar ou interromper o entrevistador.

Mas não dar informações suficientes e esquecer de mencionar pontos importantes pode ser tão prejudicial quanto falar abobrinhas. Para evitar que isso aconteça, tenha em mente as respostas para as perguntas mais comuns de entrevista de emprego.

Uma dica extra é complementar suas respostas com resultados de estudos e pesquisas (sobre a área que a empresa atua, apoiar-se em números vai te diferenciar da manada) e também expor suas experiências anteriores sobre o assunto.

Os entrevistadores sabem muito bem que o nervosismo faz parte do processo, então, se a sua mente ficar completamente em branco, na boa, peça alguns segundos para reunir seus pensamentos ou pergunte se poderá voltar à esta questão ao final da entrevista, assim pode ganhar tempo para pensar à respeito e também demonstrar que se preocupa em oferecer uma resposta qualificada ao invés de falar apenas abobrinhas.

 

4. Criticar empresas ou colegas anteriores

Queixar-se de colegas ou empregadores, chamar a atenção para os aspectos negativos do seus empregos anteriores ou dar gargalhadas sobre seus superiores é uma maneira top de destruir suas chances de sucesso. Isso dá aos entrevistadores a impressão errada sobre você. Inclusive fará com que se perguntem o que você diria sobre eles em circunstâncias semelhantes.

Além de que, em nenhum lugar da sociedade você será bem vindo. #GameOver

E-book » 300 Dicas de Marketing para Midias Sociais (Isack Wesller)

Lembre-se que não importa o motivo específico de você ter deixado o emprego anterior ou atual, seja inteligentemente diplomático. Você não quer que os potenciais empregadores pensem em você como desleal ou reclamão.

Em vez de destacar os erros dos outros, enfatize os passos positivos que você levou para superá-los. Isso mostra o quão proativo você pode ser.

 

5. Não fazer perguntas

À medida que a entrevista chega ao fim, o recrutador irá perguntar se você tem alguma pergunta que gostaria de fazer. Nunca é uma boa ideia dizer não.

Esta é a sua oportunidade de obter respostas às suas perguntas sobre o papel e a empresa, então não desperdice. Aqui está todo diferencial na verdade, fazer algumas perguntas relevantes mostra seu interesse no cargo e na empresa.

Veja só algumas perguntas matadoras para você fazer e que vão elevar a percepção da empresa a seu respeito:

  • Quais o planos de expansão da empresa?
  • Atualmente sei que vocês estão engajados no projeto ‘xyz‘, qual diferencial dele em relação aos outros já existentes no mercado?
  • Gerar cada vez mais resultados é minha prioridade, e com um excelente desempenho terei oportunidades de progressão?
  • Como vocês se vêem em 05 anos (não recomendo muito, é uma pergunta meio clichê e com cara de “peguei esta ideia num blog, mas no fundo não tenho interesse”)?

Enquanto isso evite perguntar sobre os tópicos abaixo:

  • O que a empresa faz (você deveria ter feito a sua pesquisa)?
  • Sobre férias, feriados e etc.
  • Sobre suas chances de conquistar a vaga.

Tente, sempre que possível, preparar duas ou três perguntas.

 

Como ter sucesso na entrevista de emprego

Agora você sabe muito bem o que não fazer numa entrevista de emprego, mas não é muito útil se você não sabe o que fazer para conquistar o emprego dos sonhos.

Embora é importante evitar o nervosismo, isto é mais fácil falar do que fazer. Mas nada melhor do que treinar sua auto confiança para transmitir esta impressão na entrevista de emprego.

Tente relaxar e mostrar sua própria personalidade; O empregador terá uma sensação muito melhor de como você vai se encaixar em seu time se você fizer assim.

Ao entrar na sala com o entrevistador, saiba que ele está ansioso por saber o que você tem para oferecer. Não há ninguém que queira mais que ele, encontrar logo a pessoa certa. Ele está torcendo para que você seja a pessoa ideal que procuram.

Mostrar entusiasmo e uma atitude positiva também tornam você um candidato mais atraente. Ao longo da entrevista, evidencie e reitere sua motivação por fazer parte daquela empresa. Os empregadores adoram pessoas que querem se entregar ao ponto de superar a concorrência, e também que falem sobre o futuro da empresa e seu papel dentro dela.

DICA BÔNUS: Observe o básico. Não subestime o poder das boas maneiras, contato visual regular, um aperto de mão firme ou um belo sorriso. Seja educado e cortês – por natureza, por favor – com todos os quais você entra se relaciona, sempre.

Após ser contratado você poderá seguir estas dicas de ouro para aumentar seu salário em 09 dias.

E-book » 300 Dicas de Marketing para Midias Sociais (Isack Wesller)