Mesmo trabalhando em casa no estilo Home Office, quando abrir uma empresa formalmente é uma estratégia de marketing poderosa. Sabia disso? Estou falando como publicitário e marqueteiro, abrir uma empresa formalmente pode alavancar seu negócio muito mais rápido.

Você mostra ao seu cliente que é uma empresa séria e com intenções de permanecer por longo anos no mercado. Uma que você tem CNPJ, ou seja agora tem posse da cidadania empresarial então automaticamente seu negócio será pelos seus clientes em geral como: mais profissional e seguro.

Eu não gastei 01 real para abrir meu CNPJ, e desde então os benefícios fiscais e até mesmo de marketing gerados por esta decisão são incríveis. Calma que explico isso melhor para você neste outro artigo sobre como valorizar seu produto/serviço e cobrar mais caro mesmo sendo novo no mercado, sem perder nenhuma venda. Pelo contrário a vontade das pessoas de comprar seu produto/serviço é maior que sua vontade de vender. Acredita nisso? Pois é, eu te ensino passo-a-passo como fazer isso.

 

Use o CNPJ como ferramenta de marketing 😉

Continuando, saiba que quando seu negócio é Home Office você deve tomar todo o cuidado para não parecer amador, as pessoas não pagam bem e nem confiam em amadores.

É justamente neste cenário que o CNPJ se torna uma ferramenta de marketing, ele valida e profissionaliza seu negócio. Faz todo sentido você deixar claro que emite nota fiscal, oferece contrato com garantia de excelência, tem um telefone fixo, um site elegantemente profissional e mídias sociais ativas. Tudo isso é a composição perfeita para seu negócio ser confiável, seguro, profissional e, principalmente, mais caro.

O mais legal é que nosso Brasil vem se transformando rápido, atualmente para abrir uma empresa na modalidade MEI (microempreeendedor individual), que é o objetivo deste artigo, você não precisa de um contador. Eu mesmo vou te ensinar passo-a-passo como abrir uma empresa sem gastar R$ 1,00 e sem cometer erros.

 

Antes de abrir uma empresa

Já tenha definido qual será sua empresa, planeje-a com o utilizando o Canvas (uma ferramenta incrível para criar seu plano de negócios num formato divertido, dinâmico e moderno).

Tenha também um nome (ou marca) definido, que deve ser coerente ao segmento de atuação. Tomar estas precauções evitará dor de cabeça com alterações destes dados depois da empresa formalmente aberta. Já tive que passar por isso e dependendo do erro, custará tempo e dinheiro (no meu caso tive que fazer esta alteração também no SEFAZ, não é difícil mas é chato [email protected]).

Eu uso e recomendo que responda este check-list com 03 perguntas básicas para conferir se está tudo ok:

  • Qual segmento de atuação? Já tem em mente o tipo de negócio e qual será sua área de atuação?
  • Qual será o nome da sua empresa? Eu posso te ajudar a criar nomes fantásticos e super atrativos para sua empresa. Afinal o sucesso já começa pelo nome, imagine se meu principal negócio hoje chamasse “Site Legal” ao invés de “Atlanton“, é outro nível. Concorda?
  • Já criou um logotipo? Faça-o isso também, eu considero importante esta etapa pois ao criar o logotipo você cria uma conexão mais forte com o nome, minimizando o risco de querer trocar o nome depois que já tiver tudo formalizado. Se o nome (ou marca) for uma bosta, você vai sentir isso durante o processo de criação do logotipo. Então você poderá ter mais certeza se continua ou muda o nome.

 

Regras básicas para abrir uma empresa MEI

A lei do MEI aprovada em 2008 passou a valer em 2009, é uma opção fácil e rápida para formalizar seu empreendimento. Esta categoria é destinada empreendedores que trabalham por conta própria e com, no máximo, 01 funcionário.

A carga tributária é super leve e você ainda terá acesso aos benefícios como a Previdência Social, tais como:

  • Licença maternidade
  • Auxílio-doença
  • Aposentadoria por idade ou invalidez

Não que isso seja um ponto de vantagem, considere um bônus, pois o mais importante é criar um negócio rentável, com escala de crescimento ao ponto de você enriquecer e conquistar a independência destes benefícios.

A formalização e criação da sua empresa, antes muito burocrática, leva agora poucos minutos. Você terá seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) a poucos cliques. E com posse do seu CNPJ você poderá ter algumas vantagens muito importantes para seu negócio.

  • Abrir uma conta jurídica no banco para sua empresa;
  • Emitir notas fiscais (até 60 mil reais por ano) sem pagar nenhum imposto a mais além do DAS (mensalmente) para emissão das notas fiscais;
  • Ter 01 funcionário registrado (que receba 01 salário mínimo ou piso da categoria);
  • Obter empréstimos junto ao banco e entre outras vantagens que ajudarão alavancar seu negócio.

Porém existem algumas regras para seu negócio ou você (como profissional liberal) se enquadrar como MEI. Conforme citado no tópico acima, o faturamento anual não pode ser superior à R$ 60 mil. Além disso, a lei não permite que você tenha várias empresas ao mesmo tempo.

 

Dicas rápidas sobre o MEI

O MEI automaticamente é enquadrado no Simples Nacional, um regime tributário simplificado que reúne oito impostos em uma mesma alíquota, e não precisa pagar os tributos federais, como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL.

E-book » 300 Dicas de Marketing para Midias Sociais (Isack Wesller)

Você pagará apenas um valor fixo mensal que varia para cada setor, atualmente são: R$ 48 no comércio ou na indústria; R$ 52 para prestação de serviços; e R$ 53 para empresas de comércio e serviços. Este valor será usado na Previdência Social e no pagamento de ICMS ou ISS.

Estes valores são reajustados anualmente e você pode emitir o seu carnê anual no site www.portaldoempreendedor.gov.br

E um outro detalhe muito importante é que o MEI pode atuar num estabelecimento fixo, como escritório, na rua ou em casa. Você sempre deverá procurar a prefeitura para obter a licença do alvará de funcionamento, mas especificamente antes de começar seu negócio em casa, verifique junto à prefeitura se a sua atividade comercial é permitida no seu endereço.

 

Primeiro passo para abrir sua empresa (de graça)

Acesso o site www.portaldoempreendedor.gov.br e clique na opção Formalize-se. Aparecerá um dos formulários como na imagem à seguir.

Uma delas telas aparecerão, podendo variar a opção de Recibo IRPF ou Título de Eleitor.
Uma delas telas aparecerão, podendo variar a opção de Recibo IRPF ou Título de Eleitor.

 

Preenchendo o formulário sem erros

Em seguida abrirá este formulário como na imagem a seguir para que você continue preenchendo, lembrando que o nome fantasia é o nome comercial (ou marca) da sua empresa. Lembres-se que o nome da sua empresa é crucial para o sucesso do seu negócio, saiba como criar um nome para sua empresa que seja persuasivo, demonstre profissionalismo e que ajude seu negócio a se vender sozinho.

E quanto ao Capital Social informe o valor que você está investindo na abertura do seu negócio, no caso do MEI é permitido que você informe até R$ 1 (um real) que foi o meu caso. Pensa numa fase complex, eu realmente não tinha nenhum capital mesmo. rsrs

Como abrir uma empresa e obter CNPJ sem gastar R$ 1,00

 

Muita atenção nesta etapa do formulário ao abrir uma empresa

Em seguida vem uma das partes mais importantes, que são os dados sobre seu negócio. Tenha muito cuidado ao informar a atividade principal e as atividades secundárias. Existem 02 tipos de negócios:

  • Comércio de produtos: Para quem tem estoque e vende produtos físicos, são negócios que envolvem um pouco mais de burocracia pois envolverá também o SEFAZ.
  • Venda de serviços: Para quem oferecerá serviços ao mercado, é a opção mais simples e menos burocrática pois não envolve estoque, inventários e etc.

DÚVIDA CRUEL: Vamos à um exemplo, digamos que eu faço crochê e tricô sob encomenda, então a pergunta é “ofereço produto ou serviço“? Simples, é serviço. Você não tem um comércio de produtos, estoque, aquisição de fábrica, distribuidores e entre outras cadeias de fornecimento de produtos. Enfim, seu negócio não é comércio.

Na imagem a seguir você verá como informar as suas atividades, principal e secundária. No campo ‘Descrição do Objeto‘ detalhe um pouco sobre suas atividades e na seção ‘Forma de Atuação‘ selecione o formato como você realiza estas atividades em seu negócio.

Esteja atento ao informar suas atividades, elas vão definir como sua empresa será enquadrada no MEI. Se tiver dúvidas, deixe seu comentário.
Esteja atento ao informar suas atividades, elas vão definir como sua empresa será enquadrada no MEI. Se tiver dúvidas, deixe seu comentário.

Por fim, preencha seu endereço comercial e residencial e na última parte do formulário você verá uma seção como na imagem a seguir, cujas opções devem ser lidas com atenção e se você estiver em conformidade com tudo basta habilitar as opções e clicar no botão ‘Continuar‘.

Como abrir uma empresa e obter CNPJ sem gastar R$ 1,00

 

Abri minha empresa, e agora?

Sempre que você abrir uma empresa tenha em mente que a função dela é gerar valor na vida de seus clientes e enriquecer você. Mesmo que você não tenha ponto comercial, contador e etc., nunca abdique do marketing. Sempre, sempre, sempre… marketing, muito marketing.

Aprenda como utilizar o WhatsApp para acelerar suas vendas e ter resultados mais rápidos.

E também descubra métodos incríveis para encantar seus clientes e aumentar o ticket médio (o quanto um cliente gasta em seu negócio) ao longo do tempo.

Eles trás novos clientes e também retém os atuais, eles vão aumentar o faturamento, gerar lucro e seu negócio começará ganhar corpo gradativamente.

Como Henry Ford dizia: “Ainda que eu tivesse um único dólar, investia ele em marketing“.

 

E-book » 300 Dicas de Marketing para Midias Sociais (Isack Wesller)